Início Site

Riscos de desastres naturais em Paulínia serão alertados via celular

Paulinenses que são usuários de telefones móveis precisam cadastrar CEP pelo número 40199

Paulínia tem um ponto de risco médio de inundação no bairro Bomfim, região nordeste, conforme a Defesa Civil do Estado de São Paulo, que mapeou 86 áreas com risco de enchentes e deslizamentos na Região Metropolitana de Campinas – RMC.

O bairro é cortado pelo rio Jaguari, divisa com a cidade de Cosmópolis, de acordo com a Defesa Civil do Município. O acesso ao local é pela Rodovia Professor Zeferino Vaz, a SP-332, região da Refinaria de Paulínia, a Replan.

Para evitar tragédias por conta de temporais de verão, quem mora no estado de São Paulo já pode se cadastrar para receber os alertas de desastres diretamente no celular. A prática é frequente nos Estados Unidos e Japão, por conta dos índices de terremotos e furacões.

Os alertas são curtos, com até 160 caracteres, e visam apenas informar sobre um possível risco. A qualquer momento, a população pode buscar informações detalhadas no site da Defesa Civil estadual (www.defesacivil.sp.gov.br), incluindo orientações sobre o que fazer em cada situação.

Este cadastro poderá ser feito a qualquer tempo, mesmo que a pessoa não receba a mensagem inicial. Basta enviar um SMS para o número 40199, escrevendo o CEP de interesse.

Para cadastrar mais de um CEP, é necessário enviar uma mensagem por vez. Não há limite para a quantidade de CEPs que podem ser cadastrados.

A vantagem do sistema SMS é que ele é acessível nos celulares mais simples, sem necessidade de smartphones ou pacote de dados. Por isso, seu alcance é potencialmente maior.

TSE julga nesta quinta (21) processo que cassou Dixon Carvalho

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) marcou para esta quinta-feira (21) o julgamento por abuso do poder econômico do ex-prefeito de Paulínia, Dixon Carvalho (PP), que corre o risco de perder em definitivo o mandato.

Em novembro de 2018, em decisão monocrática, o ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Edson Fachin negou recurso que pedia a suspensão do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), que cassou o mandato dele e do vice-prefeito Sandro Caprino (PRB) por abuso de poder econômico.

Dixon recorreu e pediu reintegração do cargo, enquanto não fosse julgado pelo plenário (colegiado composto por 7 ministros). Fachin suspendeu a convocação de novas eleições, mas não deu a cadeira de prefeito de volta, mantendo Dixon afastado até o julgamento final.

Em sua decisão, Fachin destacou que a temática é de alta relevância, exigindo, por parte da Justiça Eleitoral, redobrada atenção, a partir de batimento dos dados extraídos das prestações de contas das eleições de 2016 que houve prática de abuso de poder econômico pelo candidato a prefeito. O abuso foi caracterizado pelo desacordo entre o valor declarado nas prestações de contas da campanha e aquele efetivamente colocado à disposição do candidato, bem como por doações irregulares dissimuladas por meio de negócios jurídicos imobiliários sucessivos realizados com a campanha eleitoral já em curso.

Quanto ao caso específico, o ministro destaca que “tais recursos somam R$ 681.500,00 e representam 84% do total arrecadado, evidenciando a gravidade da conduta, ferindo a lisura e a normalidade do pleito. Trata-se de vultosa quantia, sobretudo em cidade com menos de 70 mil eleitores, sendo que os representados foram vitoriosos por diferença de 559 votos”, destacou Fachin.

Dixon foi condenado por abuso de poder econômico durante a campanha eleitoral de 2016, com base no artigo 30-A da Lei das Eleições (Lei nº 9.504/97). Ele teria investido R$ 681,5 mil na própria campanha, só que o patrimônio declarado pelo candidato era de R$ 591,5 mil.

O plenário e formado pela Ministra Rosa Weber, que preside as sessões e os ministros Luís Roberto Barroso, Edson Fachin, Jorge Mussi, Og Fernandes e Admar Gonzaga. O ministro Tarcisio Vieira de Carvalho Neto já justificou sua ausência.

Paulínia sai na frente no Campeonato Paulista de BMX

Ao todo 350 pilotos de sete equipes participaram da primeira das dez etapas do circuito estadual

Paulínia teve 35 representantes e conquistou 20 pódios entre os 3 primeiros lugares com 6 primeiros, 9 segundos e 5 terceiros lugares, durante a 1 etapa do Campeonato Paulista de BMX, disputada domingo (17), na cidade de Indaiatuba, com a participação de 350 pilotos divididos em categorias que vão dos cinco aos 59 anos de idade.

Dentre as principais, destaque para Bruno Cogo, da Paulínia Racing Bicicross, Priscilla Stevaux, ACB Indaiatuba, e Vicente César, da Jarinu BC, que venceram nas categorias Elite Man, Elite Woman e Junior Man.

Já entre as mulheres, Maitê Naves, da Paulínia Racing Bicicross, e Lauren de Oliveira, da Associação Votorantiense de Bicicross, ficaram em segundo e terceiro lugares.

Na Junior Pedro Ziliotti, da Paulínia Racing Bicicross, e Luan Carlos, da ACB Indaiatuba, também ficaram em segundo e terceiro.

Com os resultados, o Paulínia Racing Bicicross assumiu a liderança do Campeonato Paulista nas disputas por Clube e por Equipe, com 345 pontos, feito que não era visto desde 2012 quando o clube conquistou seu último título estadual.

“Treinamos muito para este início e os resultados estão começando a aparecer, porém será um ano muito difícil, já que temos muitas etapas e as demais equipes estão apresentando organização e alto nível de seus pilotos nas competições. Acreditamos na dedicação da equipe e esperamos continuar conquistando grandes resultados”, ressaltou Daniel Jorge, coordenador técnico.

Ao total serão 10 etapas. A próxima será em 31 de março, na cidade de Paulínia. A seguir vêm Votorantim, Jarinu, Salto, Sorocaba, Cosmópolis, Americana, São Paulo e Jacareí.

A 90 dias para conclusão, ponte da Rhodia ainda não recebeu sustentação

Obra vai custar R$ 6 milhões aos cofres públicos; prazo para conclusão das obras é de oito meses

O Notícias de Paulínia visitou na manhã deste domingo, 17/03, o andamento da construção da ponte da Rhodia, sobre o Ribeirão Anhumas, no Recanto dos Pássaros, que compreendida entre a Avenida Doutor Roberto Moreira e o Rio Atibaia – Região Nordeste do Município.

A Via é um dos principais acessos ao Distrito de Barão Geraldo, Cidade Universitária e Unicamp – Universidade de Campinas. Ela foi interditada desde 2014, após um laudo técnico apontar problemas estruturais no local.

De acordo com dados do projeto – que será executado por R$ 5.968.050,35 milhões pela Etama Construtora Ltda., serão construídas duas novas pontes: 1 no sentido Campinas/Paulínia e outra no sentido Paulínia/Campinas, ambas com 56 metros de extensão.

A demolição da ponte antiga, em outubro de 2018, na rodovia Dr. Roberto Moreira durou cerca de 15 dias. Em seguida foram feitos os processos de terraplenagem e fundação. Existe no local dezenas de vigas de concreto (sustentação) em dois tamanhos diferentes.

Na época, o VDM (Volume Diário Médio) era de aproximadamente 4 mil automóveis que passavam diariamente pela ponte, que liga a Avenida Roberto Moreira à Estrada da Rhodia, em Campinas. Em sentido contrário, liga à rodovia Professor Zeferino Vaz, a SP-332.

A licença ambiental junto à CETESB (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) começou em 2015, que emitiu a Licença Ambiental de Instalação dia 20 de setembro de 2018, após atender todos os requisitos.

Conforme os projetos desenvolvidos pela Secretaria de Obras, em ambos os casos, as novas pontes estão sendo realizadas para comportar o fluxo de veículos e oferecer mais segurança ao trânsito de motoristas e pedestres, além de melhorar a vazão das águas dos ribeirões nos períodos de cheia. 

Paulínia sedia 1ª prova da Copa Sópneus Goodyear de Kart Pé de Chumbo 2019

Prova acontece neste sábado, dia 16, a partir das 9h, no Kartódromo San Marino, em Betel

Paulínia abre com novidades neste sábado, dia 16, a temporada da Copa Sópneus Goodyear de Kart Pé de Chumbo 2019. A programação começa a partir das 9 horas e terá duas baterias pelo campeonato, além da Corrida dos Patrocinadores no intervalo entre elas. Das 10 etapas da competição, 4 provas serão realizadas na cidade. No Kartódromo San Marino, em Betel, na Região Sudeste do Município.

As novidades deste ano, além do Campeonato de Pilotos, haverá também a disputa por Equipes. Os 28 pilotos do grid – 14 da Pró e 14 da Light – foram divididos em sete conjuntos, que levam os nomes dos patrocinadores. O resultado de cada piloto contará pontos tanto para ele na classificação individual quanto para o time.

Outra novidade é a bonificação de 1 ponto ao piloto que cravar a melhor voltar na rodada. Cada etapa tem duas baterias e, pelo novo regulamento, ficará com o ponto extra aquele que registrar a volta mais rápida do dia. Esta é a 14ª edição da competição que reúne profissionais liberais e empresários.

O grid de 2019 do Pé de Chumbo terá 28 pilotos, o maior da história do campeonato na era dos chassis de competição. Cinco deles são estreantes: Paulo Rosa, Fernando Santo André, Rodrigo Pestana Ferraz, Ederson Rodrigues e Sérgio Seleghini Junior. Ao todo, entre março e novembro, serão 10 etapas – todas em rodada dupla.

Sábado, antes do início da programação de pista, haverá o briefing, marcado para as 8h30. Os pilotos entram no traçado de Paulínia às 9 horas para a tomada de tempos para definição do grid da primeira bateria, prevista para as 9h15.

Na sequência, às 10h30, haverá a Corrida dos Patrocinadores. Cada empresa parceira do PD´Chumbo indicou um representante para o evento promocional. E, por fim, a segunda bateria acontece às 11 horas.

“A gente percebe nitidamente que todos os envolvidos com o Pé de Chumbo têm certeza absoluta que o campeonato de 2019 será o melhor de todos os tempos”, afirmou o presidente e piloto Marcelo Marusso. “Temos um grid completo com 28 pilotos, disputa individual e por equipes, mudanças no regulamento que deixam a competição ainda mais interessante, enfim, esta edição tem tudo para ser histórica e, com certeza, será”, acrescentou o idealizador do campeonato.

Ao todo, de março a novembro, serão 10 etapas: 16 de março, em Paulínia; 6 de abril, em Araraquara; 11 de maio, em Paulínia; 1º de junho, em Limeira; 28 de junho, em Vespasiano-MG; 10 de agosto, em Paulínia; 7 de setembro, em Piracicaba; 28 de setembro, em Paulínia; 26 de outubro, em Birigui; e 23 de novembro, em Paulínia.

EQUIPES

  • JUNDIÁ/HB
  • Théo Pioli
  • André Gonçalves
  • Mayckon Mota
  • Paulo Rosa
  • NEWCOATES
  • Rafael Contatto
  • William Saura
  • Oswaldinho Nogueira
  • André Moraes
  • HELPMÓVEL
  • Rogério Pompermayer
  • Alberth Janjon
  • Ederson Rodrigues
  • Carlos Valladão
  • SANFARMA/GARAGE 48
  • Douglas Pitoli
  • Marcelo Marusso
  • Pedro Marusso
  • Carlos Barbosa
  • TATU SHOP. FRUTAS
  • Giovanni Pamfílio
  • Marcelo Contatto
  • Cândido Neto
  • Ivan Dantas
  • CREDCON
  • Marcel Torina
  • Carlinhos Carrion
  • Sergio Seleghini Jr.
  • Fábio Santarosa
  • META/COMFER
  • Patrik Neves
  • Fernando S. André
  • Alexandre Bassora
  • Rodrigo Ferraz

Bicicross de Paulínia disputa 1ª Etapa do Paulista

Equipe compete neste domingo na cidade de Indaiatuba; Paulínia levará quase 40 pilotos

Atletas da Escola de Bicicross do Paulínia Racing participam neste domingo, dia 17/03, na cidade de Indaiatuba, a 51 quilômetros de Paulínia, da 1ª Etapa do Campeonato Paulista de BMX 2019. Ao todo serão quase 40 pilotos paulinenses.

Em 2019, o Campeonato Brasileiro de BMX será na casa da equipe depois de 10 anos, o que levou o Paulínia Racing Bicicross a reforçar a sua preparação para as competições que irá disputar. “Teremos um 2019 especial com nossos alunos participando da Copa Regional, Campeonato Paulista e Brasileiro, além de um trio de pilotos que vão brigar forte para representarem o Brasil nas Olimpíadas de Tóquio”, comentou Júlio Brustolin, presidente do clube.

O piloto Bruno Cogo, retornou ao clube e irá representar a cidade na categoria Elite Man, principal categoria do bicicross. Maitê Naves será a atleta paulinense na Elite Women e Pedro Ziliotti correrá na Junior Man. Ambas que também figuram entre as mais competitivas do BMX.

Maratona de corridas

A abertura do Paulista que começa domingo, 17, em Indaiatuba é a primeira das três provas que os pilotos do Paulínia Racing Bicicross irão disputar em 21 dias. Entre disputas e treinos, haverá um trabalho especial de condicionamento físico, realizado pela comissão técnica comandada por Daniel Jorge.

As outras duas corridas acontecerão na pista do Poliesportivo. A próxima disputa será a abertura da 3ª Copa Regional e na sequência, a segunda etapa do Campeonato Paulista de BMX, acontecendo respectivamente nos dias 24 e 31 de março.

A Escola de Bicicross tem o patrocínio da Air Liquide e do Instituto Carlos Roberto Hansen da Tigre via LPIE (Lei Paulista de Incentivo ao Esporte) da SELJ (Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude) do Estado de São Paulo.

A Prefeitura de Paulínia contribuí com a Escola de Bicicross do Paulínia Racing, por meio das Secretarias de Transportes, Assistência Social e Cidadania, Esportes e Saúde.

Prefeito recua e retira projeto que acaba com benefícios de inativos, aposentados e pensionistas

O prefeito interino Antonio Miguel Ferrari, o Loira (DC), recuou e retirou nesta quarta-feira (13/03), um dia após protocolar na Câmara Municipal, o projeto de lei 08/2019 que previa a incorporação do abono no Auxílio Alimentação da categoria.

A repercussão negativa nas redes sociais começou minutos após o projeto ser protocolado na Câmara. O projeto enviado à Câmara, não garantiria o benefício aos servidores inativos, aposentados e pensionistas, além disso, o projeto não detalhava se o servidor em férias tem direito ou não ao Auxílio Alimentação.

Aproximadamente 1.600 servidores aposentados ou pensionistas deixarão de receber o benefício, que são celetistasCLT (Consolidação das Leis do Trabalho) ou estatutário – Pauliprev (Instituto de Previdência dos Funcionários Públicos do Município de Paulínia). Só no Instituto, 1.264 pessoas seriam penalizadas.

Caso aprovado, os R$ 1.000 que os funcionários recebem atualmente seriam somados aos R$ 300 que os trabalhadores já recebem para a alimentação. No total, o novo benefício passaria a ser de R$ 1.300, não mais em dinheiro, mais em tíquete (cartão).

Loira relatou que não existe prazo para a medida ser reapresentada. “Quero ouvir a categoria para decidirmos juntos o que deve ser feito e garantir o melhor para os servidores públicos, aposentados e a população”, explicou o prefeito.

O projeto de incorporação do abono no auxílio alimentação foi apresentado para beneficiar somente os funcionários públicos que estão na ativa.

Além disso, a medida possibilitaria que a administração ficasse de acordo com o que determina a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que prevê o limite de até 51% de gastos com a folha de pagamento. Paulínia hoje atinge 58% com funcionalismo.

De acordo com a Administração Pública, caso fosse aprovado, os funcionários passariam a receber R$ 275 a mais, já que não haveria o desconto desse valor no imposto de renda. Hoje, esse valor é descontado do abono.

Projeto retirado

O Projeto complementar de Reestruturação Administrativa, leia-se cargos comissionados, também foi retirado. Loira relatou ainda que está à disposição para ouvir as “demandas e necessidades dos servidores, aposentados e população”.

Ataque em escola de Suzano mata 8 pessoas

Um ataque ocorrido na manhã de quarta-feira (13), na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, é investigado por meio de inquérito policial pela Delegacia de Suzano, a 160 quilômetros de Paulínia, com o apoio do Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa da Seccional de Mogi das Cruzes. A informa é da Secretaria da Segurança Pública do Estado de Paulo.

Equipes policiais realizaram diligências nas residências dos autores e em uma lan house, onde os jovens costumavam se encontrar, e apreenderam diversos objetos entre computadores, tablets e anotações, que auxiliarão nas buscas pela motivação do crime. Até o momento, 16 testemunhas foram ouvidas, podendo ser chamadas novamente para prestarem depoimento ao longo das investigações.

O Instituto Médico Legal identificou todas as vítimas fatais. As armas utilizadas pelos autores foram apreendidas e encaminhadas para a realização da perícia. De acordo com a Secretaria da Saúde, sete vítimas continuam internadas.

A Polícia Militar reforçou o policiamento no entorno das escolas do município, que já conta com a Ronda Escolar. Aproximadamente 200 policiais militares, civis e técnico-científicos atuaram na ocorrência.

O Governador João Doria (PSDB), o secretário da Segurança Pública, general João Camilo Pires de Campos, além dos dirigentes das três polícias, acompanharam no local o trabalho de resgate e atendimento aos feridos. O governador decretou luto oficial de três dias no Estado.

O secretário executivo da Segurança Pública, Youssef Abou Chahin e o delegado geral da Polícia Civil, Ruy Ferraz Fontes, concedem entrevista coletiva nesta quinta-feira (14), às 17 horas, na sede da Delegacia Geral de Polícia para falarem sobre as investigações do caso.

Vítimas

Alunos da escola – todos óbito:

1. Caio Oliveira, 15 anos, estudante.

2. Claiton Antonio Ribeiro, 17 anos, estudante.

3. Douglas Murilo Celestino, 16 anos, estudante – socorrido ao Hospital de Clínicas Luzia Pinho de Melo, foi à óbito.

4. Kaio Lucas da Costa Limeira, 15 anos, estudante.

5. Samuel Melquiades Silva Oliveira, 16 anos, estudante.

Funcionárias da escola – todos óbito:

6. Eliana Regina de Oliveira Xavier, 38 anos.

7. Marilena Ferreira Vieira Umezo, 59 anos.

Dono da locadora (tio do Guilherme)

8. Jorge Antonio de Moraes, 51 anos – transferido do PSM de Suzano para o HC/FMUSP onde foi a óbito.

Atiradores – óbito:

9. Guilherme Taucci Monteiro, 17 anos

10. Luiz Henrique de Castro, 25 anos

Projeto de Lei de Loira acaba com Abono Salarial e Auxílio Alimentação de servidores inativos, aposentados e pensionistas

O projeto de lei 8/2019, que o prefeito interino Antonio Miguel Ferrari, o Loira (DC), protocolou terça-feira (12/03), em Regime de Urgência, na Câmara Municipal de Paulínia, extingue o Auxílio Alimentação dos servidores inativos, aposentados, pensionistas, além de secretários municipais.

O projeto acaba com os abonos provisórios (R$ 1 mil/mês) e a concessão de Auxílio Alimentação (R$ 300 reais/mês) aos servidores da administração direta, autarquia e fundacional pública, transformado num único Auxílio Alimentação de R$ 1.300,00, concedido por meio de tíquete.

Caso o projeto seja aprovado, aproximadamente 1.600 ex-servidores ou pensionistas deixarão de receber o benefício, que são celetistas (Consolidação das Leis do Trabalho – CLT) ou estatutário (Pauliprev – Instituto de Previdência dos Funcionários Públicos do Município de Paulínia). Só no Instituto 1.264 aposentados, pensionistas ou funcionários que recebem auxílio doença serão afetados.

Se o servidor faltar ou não justifique a falta, o Auxílio Alimentação será proporcional aos dias trabalhados. Hoje o abono de R$ 1 mil reais e o Auxílio Alimentação de R$ 300 reais são pagos de forma integral. Caso o projeto de lei seja aprovado, o valor não será integral, dependerá da frequência e dos dias trabalhos pelo funcionário.

O projeto não detalha se o servidor em férias tem direito ou não ao Auxílio Alimentação.

O Auxílio Alimentação será reajustado anualmente pela inflação acumulada no período antecedente, apurada pelo Índice Preços ao Consumidor (IPCA), com base na Lei nº 3.415, 30 de dezembro de 2014.

A Prefeitura vai abrir em até 6 meses, Concorrência Pública, assim que o projeto for aprovado, enquanto isso o valor será depositado mensalmente na conta do funcionário público que está na ativa. Em sua justificativa, ao apresentar o projeto aos vereadores, Loira ressalta que: “Em vista a necessidade de adoção de medidas para adequação do gasto da folha de pagamento com despesas de pessoal ao limite constitucional, para que não ocorra as penalidades previstas na Constituição Federal e Lei de Responsabilidade Fiscal, com repasses de verbas Federais e Estaduais ao Município”, aponta o prefeito.

O diz a Prefeitura

A Prefeitura foi procurada para comentar o caso, mas a Assessoria de Imprensa informou que o Projeto de Lei nem foi aprovado e estudos estão sendo feitos, para que ninguém seja afetado.

Inscrições para Processo Seletivo Unificado para Estagiários terminam dia 13

Estão abertas as inscrições até o dia 13 de março, para Processo Seletivo Unificado para estagiários de Órgãos e Entidades do Governo do Estado de São Paulo, coordenado pelo CIEE – Centro de Integração Empresa Escola.

A seleção destina-se ao preenchimento de vagas em todo o Estado de São Paulo e são destinadas a estudantes que frequentam cursos de ensino superior, médio e técnico (educação profissional de nível médio).

Os candidatos habilitados serão convocados pelos órgãos, de acordo com a classificação e oferta de vagas, inclusive as oferecidas pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB). Dentre as modalidades de estágio ofertadas pela Companhia temos o programa de estágio curricular, destinados a alunos de nível superior e técnico.

O Programa de Estágio da CETESB, coordenado pelo Setor de Avaliação e Desenvolvimento de Recursos Humanos – ARDD é uma oportunidade de aprendizagem e desenvolvimento de habilidades, além de possibilitar o contato com conhecimentos tecnológicos diferenciados, acumulados ao longo da existência da Companhia.

As inscrições poderão ser realizadas até o dia 13/03/2019. Maiores informações e inscrições no site: http://www.ciee.org.br

Sabesp abre inscrições para 10 vagas de aprendizes para Paulínia e Região

Programa é realizado em parceria com Senai-SP para estudantes do 1º ou 2º ano do Ensino Médio, em todo o Estado serão oferecidas 516 vagas; inscrições começam hoje

A Sabesp abriu processo seletivo para o preenchimento de 10 vagas para o Programa de Aprendiz Sabesp, distribuídas em 4 cidades da Região Metropolitana de Campinas, que são: Hortolândia (3 vagas), Itatiba (4 vagas), Monte Mor (1 vaga) e Paulínia (2 vagas). Em todo o Estado de São Paulo serão oferecidas 516 vagas, distribuídas na Região Metropolitana de São Paulo, interior e litoral.

O processo é uma parceria entre Sabesp e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-SP), que atua na qualificação e formação técnico profissional de Assistente Administrativo.

As inscrições serão realizadas das 10 horas do dia 11/03/2019 às 14 horas do dia 8/04/2019, pelo horário de Brasília, exclusivamente pela internet no endereço www.concursosfcc.com.br.

As vagas são destinadas a estudantes do 1º ou 2º ano do Ensino Médio, de instituição de ensino pública ou privada, com idade mínima de 14 anos e máxima de 22 anos e 6 meses, no ato da admissão.

O objetivo do programa é contribuir com a formação dos jovens, dando uma oportunidade de inserção no mercado de trabalho. Além de oferecer o aprendizado prático, a troca de experiência e a integração entre empregados e estagiários, os estudantes terão a oportunidade de atuar em uma das maiores companhias de saneamento do mundo.

Os aprendizes terão direito a bolsa-auxílio no valor de R$ 499,00, vale-refeição, vale-transporte, assistência médica e seguro contra acidentes pessoais. O contrato terá duração máxima de 18 (dezoito) meses.

Ao término do programa, os aprendizes receberão certificado de qualificação   profissional, pelo Senai-SP, no curso de formação de assistente administrativo.

Inscrições: de 11 de março às 14 horas de 8 de abril de 2019

Quanto: R$ 55,00

Número de vagas: 516

Onde: www.concursosfcc.com.br

Leia o edital completo

Os inscritos das cidades de Hortolândia, Itatiba, Monte Mor e Paulínia farão a prova na cidade de Itatiba, a 118 quilômetros de Paulínia.

Mais Notícias