Início Site

Ações do Ambulatório de Urologia do HMP marcam mês de combate ao câncer de próstata

Pacientes, familiares e funcionários recebem orientações para cuidar da saúde na campanha Novembro Azul

Neste mês, o Ambulatório de Urologia do Hospital Municipal de Paulínia (HMP) vem promovendo uma série de ações para conscientizar os pacientes, familiares e funcionários sobre a importância de cuidar da saúde. Vale destacar que o Novembro Azul é um movimento mundial que acontece para reforçar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata.

Na próxima quarta-feira (27), a partir das 10h, Especialistas do Centro de Referência em Saúde do Homem estarão no Ambulatório de Urologia do HMP, orientando e esclarecendo dúvidas sobre os cuidados com a saúde masculina, incluindo a prevenção do câncer de próstata e também falarão sobre a importância do incentivo do público feminino ao homem na realização do exame de toque.

Os pacientes e familiares obterão orientações sobre os males da doença, sintomas e fatores de risco, de modo a estimular a prevenção, além da importância do diagnóstico precoce. Além disso, a iniciativa distribuirá folhetos informativos sobre a saúde masculina e laços azuis, símbolo da campanha.

Câncer de próstata
O câncer de próstata é o mais frequente entre os homens, depois do câncer de pele, e é confirmado após uma biópsia, indicada ao encontrar alguma alteração no exame de sangue (PSA) ou no exame de toque, que somente são prescritos a partir de indicação de um urologista.

Na maioria dos casos, a enfermidade evolui de forma lenta e não chega a dar sinais durante a vida nem ameaça a saúde do homem. Em outros casos, pode crescer rapidamente, se espalhar para outros órgãos e causar a morte.

Os principais sintomas estão listados a seguir: dificuldade de urinar, demora para começar e terminar de urinar, diminuição do jato, necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite e sangue na urina.

Serviço
Ação de conscientização sobre câncer de próstata
Onde: Ambulatório de Urologia do Hospital Municipal de Paulínia (HMP)
Quando: 27 de novembro
Horário: 10h

Crédito Foto: Raquel Caxilé

Riscos de desastres naturais em Paulínia serão alertados via celular

Paulinenses que são usuários de telefones móveis precisam cadastrar CEP pelo número 40199

Paulínia tem um ponto de risco médio de inundação no bairro Bomfim, região nordeste, conforme a Defesa Civil do Estado de São Paulo, que mapeou 86 áreas com risco de enchentes e deslizamentos na Região Metropolitana de Campinas – RMC.

O bairro é cortado pelo rio Jaguari, divisa com a cidade de Cosmópolis, de acordo com a Defesa Civil do Município. O acesso ao local é pela Rodovia Professor Zeferino Vaz, a SP-332, região da Refinaria de Paulínia, a Replan.

Para evitar tragédias por conta de temporais de verão, quem mora no estado de São Paulo já pode se cadastrar para receber os alertas de desastres diretamente no celular. A prática é frequente nos Estados Unidos e Japão, por conta dos índices de terremotos e furacões.

Os alertas são curtos, com até 160 caracteres, e visam apenas informar sobre um possível risco. A qualquer momento, a população pode buscar informações detalhadas no site da Defesa Civil estadual (www.defesacivil.sp.gov.br), incluindo orientações sobre o que fazer em cada situação.

Este cadastro poderá ser feito a qualquer tempo, mesmo que a pessoa não receba a mensagem inicial. Basta enviar um SMS para o número 40199, escrevendo o CEP de interesse.

Para cadastrar mais de um CEP, é necessário enviar uma mensagem por vez. Não há limite para a quantidade de CEPs que podem ser cadastrados.

A vantagem do sistema SMS é que ele é acessível nos celulares mais simples, sem necessidade de smartphones ou pacote de dados. Por isso, seu alcance é potencialmente maior.

Carga de pneus roubada em Paulínia é recuperada em Jaguariúna; seis foram detidos pela Polícia Militar

Movimentação suspeita na área rural de Jaguariúna | Foto: Polícia Militar | Divulgação

Mercadorias foram avaliadas em mais de R$ 500 mil; ação foi realizada em conjunto com guardas municipais de Paulínia, Jaguariúna e Monte Mor

Avaliada em mais de R$ 500 mil, a Polícia Militar, em conjunto com guardas municipais, deteve seis homens e reouve uma carga de pneus roubada em Paulínia. O caminhão com a carga foi recuperado na última quarta-feira (15), em Jaguariúna.

Os agentes foram acionados para verificar uma movimentação suspeita na área rural da cidade e, ao se deslocarem até o endereço, encontraram o grupo na ação criminosa. Ao perceberem a viatura, os suspeitos tentaram fugir, mas acabaram detidos, sendo verificado que dois eram adolescentes.

Após pesquisa em sistema, foi verificado que o veículo, juntamente com as mercadorias, tinha sido furtado em Paulínia, depois do motorista da carreta ser feito refém por algumas horas e libertado no município de Monte Mor.

O grupo detido foi levado à Delegacia Sede de Jaguariúna, onde também compareceu a vítima, que teve o caminhão e carga restituídos. O motorista não conseguiu reconhecer os homens como autores do roubo e relatou que foi abordado em frente ao pátio de uma empresa por um criminoso armado, o qual anunciou o assalto e assumiu a direção do caminhão.

Depois de trafegar por alguns minutos, o suspeito parou em uma estrada e fez a vítima passar para um automóvel ocupado por outros comparsas, permanecendo com os autores por mais algumas horas até ser libertado.

A ocorrência foi registrada como receptação, associação criminosa e atos infracionais equivalentes a esses dois crimes, bem como corromper ou facilitar a corrupção de menor de 18 anos e apreensão/localização e entrega de veículo e objeto.

Após indiciados, os quatro criminosos adultos foram encaminhados ao cárcere para permanecerem à disposição da Justiça. Os adolescentes, depois de autuados, foram liberados aos responsáveis mediante assinatura de um termo de compromisso.

Parque Natural “Armando Muller” recebe primeira “Nascente Modelo”

Paulínia inaugurou no sábado (11/09), uma “Nascente Modelo” na área do Parque Natural Municipal “Armando Muller”. A iniciativa da Prefeitura de Paulínia, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, contou com a participação do Grupo de Escoteiros Bem-te-vi e Grupo de Escoteiros Amizade de Paulínia.

 A atividade consistiu na apresentação do novo conceito do Parque Natural, a hidrografia regional, a importância da conservação dos recursos hídricos, uso consciente da água, inauguração deste espaço com a instalação da Placa de Nascente Modelo contendo as informações geográficas e plantio de três mudas de ipê-amarelo, espécie nativa da nossa região, no entorno.

A participação foi direcionada a este público devido ao escotismo ser um movimento de caráter educacional, voluntário e sem fins lucrativos, no qual os jovens têm a oportunidade de se desenvolverem socialmente de uma forma baseada em valores, respeito, amizade, fraternidade e no amor pela natureza.

 O termo nascente refere-se ao afloramento natural do lençol freático que apresenta perenidade e dá início a um curso d’água. A área do Parque possui riqueza de nascentes, córregos e lagos. No processo de requalificação do Parque outras nascentes serão revitalizadas e instaladas como “Nascentes Modelo” e inseridas no Programa de Educação Ambiental deste espaço.

A escolha de implementar uma Nascente Modelo do Parque deve-se ao fato de estar inserido na Missão da Instituição que é “Promover a conservação da diversidade biológica do Município e Região através de programas de Pesquisa Científica, Educação Ambiental, Cultura, Arte e Lazer Interativo, visando a sensibilização dos visitantes para a importância das plantas e dos animais para a sustentabilidade ambiental”.

Programa VerdeAzul

Esta ação educativa faz parte da Diretiva Gestão das Águas do Programa Município Verde Azul (PMVA) da Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo do qual o Município é signatário.

Lançado em 2007 pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, atual Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente, o Programa Município VerdeAzul – PMVA tem o inovador propósito de medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental com a descentralização e valorização da agenda ambiental nos municípios.

Assim, o principal objetivo do PMVA é estimular e auxiliar as prefeituras paulistas na elaboração e execução de suas políticas públicas estratégicas para o desenvolvimento sustentável do estado de São Paulo.

Paulínia abre agendamento nesta quinta (16) para adolescentes de 12 a 17 anos

Foto: Myke Sena/MS

Dia 16 de setembro, às 9h, a Secretaria de Saúde Municipal vai abrir agendamento da primeira dose para adolescentes de 12 a 17 anos, em Paulínia. Para agendar acesso o site www.paulinia.sp.gov.br ou também pelo 156. A imunização ocorrerá na sexta-feira, 17, a partir das 8h na UBS Centro II.

Documentação
Para se imunizar é obrigatório apresentar no ato da vacinação, documentos pessoais, preferencialmente CPF e cartão SUS, e levar um comprovante de endereço da cidade de Paulínia, de forma física ou digital. No caso dos adolescentes são aceitos documentos em nome dos pais.

Os jovens devem ser acompanhados pelos pais ou responsável no ato da vacinação. No caso de impossibilidade desse acompanhamento, é preciso ir com um adulto e apresentar autorização assinada por um responsável.

O preenchimento do pré-cadastro no site Vacina Já (www.vacinaja.sp.gov.br) agiliza o tempo de atendimento nos postos. Basta inserir dados como nome completo, CPF, endereço, telefone e data de nascimento.

Câmara de Paulínia emite nota sobre a Ação Direta de Inconstitucionalidade movida pela Procuradoria Geral de Justiça

A Câmara Municipal de Paulínia emitiu nesta terça-feira, 14 de outubro, uma nota sobre a Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin), movida pela Procuradoria Geral de Justiça, que pede a suspensão de inúmeras leis, além da exoneração dos servidores da Casa. Conheça, abaixo, a íntegra da Nota da Câmara Municipal:

Recebemos com espanto a existência de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade, movida pela Procuradoria-Geral de Justiça de São Paulo, que tem como objetivo a declaração de inconstitucionalidade de diversas leis vigentes.

Tal ação teve sua liminar concedida pelo Relator do processo, que determinou a suspensão de inúmeras leis, as quais geram impacto em 100% dos servidores, sejam efetivos ou comissionados e ainda em todo funcionamento da Casa.

Após a ciência da Ação, na data de 10 de setembro (sexta-feira), a Câmara Municipal, através de sua Procuradoria Jurídica, ingressou com pedido de reconsideração, ainda não deliberado pela Justiça.

Importante ressaltar também que, na data de ontem, a Procuradoria-Geral de Justiça juntou ao processo aditamento parcial da inicial, ou seja, alterou o pedido anterior, o que muda substancialmente o objeto da ação e suas implicações.

Assim sendo e em nome da segurança jurídica que deve nortear o Poder Legislativo local, a Câmara decidiu por seu Presidente que aguardará a estabilização da decisão liminar antes de tomar qualquer medida que venha prejudicar os servidores e principalmente o atendimento à população.

Vale ainda ressaltar que a decisão em nenhum momento determinou, conforme noticiado pela imprensa de toda região, a exoneração de quaisquer dos servidores da Casa. Sendo assim, a suspensão das leis ocasiona efeitos apenas para novas contratações. Qualquer interpretação diferente disto extrapola a liminar concedida.

Portanto, a situação definitiva dos atuais servidores comissionados apenas será definida com o julgamento final da ação ou qualquer decisão que venha alterar os fatos acima expostos.

Por fim, informamos que a Câmara Municipal de Paulínia reafirma seu compromisso de não apenas respeitar todas as decisões, sejam jurídicas ou mesmo dos órgãos de controle, bem como continuar na busca incessante pela melhora da imagem do Poder Legislativo paulinense tão desgastada nos últimos anos.

Suicídio – Uma Realidade Cada Vez Mais Presente, Mas Ainda Cercada de Tabus

Setembro Amarelo, o Mês da Prevenção Contra o Suicídio!

No geral, esperamos até setembro para falarmos sobre o suicídio, infelizmente, assunto que deveria ser frequentemente discutido, já que músicas, livros, desenhos infantis, jogos eletrônicos e as próprias redes sociais estão repletas de incentivo ao suicídio, mostrando inúmeras possibilidades de realizá-lo a qualquer um que esteja com vazio dentro de si ou até mesmo esteja sofrendo de uma depressão severa.

 A Campanha

Dra. Priscila Zempulski Dossi é médica psiquiatra com especialização em psiquiatria infantil e adolescência pela Unicamp

A campanha teve sua origem nos EUA, com o suicídio do jovem Mike Emme, de 17 anos, em 1994; como os pais do rapaz não haviam percebido que ele vinha sofrendo de sérios problemas psicológicos, nem mesmo as pessoas mais próximas, uma fatalidade aconteceu. Mike tinha um Mustang 68 que ele mesmo reformou e pintou de amarelo, por esse motivo, cartões com fitas amarelas com a frase “Se você precisar, peça ajuda”, foram entregues em seu velório.

Depois do episódio, os pais do jovem, Dale e Darlene, iniciaram o programa de prevenção ao suicídio chamado “fita amarela” (Yellow Ribbon); por isso a fita amarela tornou-se símbolo da campanha. No ano de 2003, a OMS decretou o dia 10 de Setembro como o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio. No Brasil a campanha teve início somente em 2015, também para conscientização das pessoas sobre o suicídio e sua prevenção.

Segundo a Dra. Priscila Dossimédica psiquiatra, com especialização em infância e adolescência pela Unicamp – O suicídio é uma realidade em nosso meio. E ao contrário do que muitos ainda pensam ou do que se pensava antigamente, no tempo em que era considerado tabu falar em suicídio, uma das melhores maneiras que temos para prevenir o suicídio é falando sobre ele, é conversando com quem sofre a respeito, buscando ter empatia com a dor do outro para poder ajudá-lo.

“Os tabus sempre existiram e ainda hoje temos que lidar com eles.”

Olhando para o passado histórico encontramos alguns lugares na Europa, como na Espanha, em que os suicidas tinham o seu corpo amarrado e puxado por um cavalo por toda a cidade para servir como exemplo. As grandes religiões sempre condenaram o suicídio, inclusive não se poderia realizar cultos em favor da alma da pessoa que cometeu suicídio.

Nos Dias Atuais:

Por outro lado, atualmente, o que vigora é o antropocentrismo, ou seja, o ser humano se tornou o centro do universo, e por isso passou a acreditar que estava livre para tudo, inclusive para escolher quando e como morrer. E os sintomas dessa mudança de mentalidade aparecem em publicações em forma de livro em que autores ensinam as mais diversas maneiras de se tirar a própria vida.

Sinais Identificáveis:

ADra. Priscila Dossichama atenção para alguns sinais que podem indicar que a pessoa esteja pensando em acabar com a própria vida e sugere que fiquemos atentos às pessoas ao nosso redor:

– Alterações extremas de Humor: Sentimentos de raiva excessiva e vingança, irritabilidade, sentimento de culpa, vergonha, ansiedade, dentre outras. Enfim, essas alterações podem expressar emoções suicidas, conforme o contexto em que se encontram.

– Pensamentos obsessivos: Acompanhados das emoções há os pensamentos mórbidos, sem esperança, uma visão da vida como sem propósito, sem sentido.

– Avisos e ameaças: Com os pensamentos, seguem as falas; frases como “A vida não tem sentido”, “Nada vale a pena”, “Quando eu morrer você sentirá minha falta”, são alguns exemplos de intenção suicida.

– Desapego: Doação de seus pertences, aparentes despedidas às pessoas queridas também são sinais de alerta.

– Comportamento de Risco: Atitudes e comportamentos de risco, atos irresponsáveis sem medir as consequências, consumo de drogas e álcool excessivos, direção perigosa e até sexo indiscriminado e sem proteção são sinais de descaso com a vida.

– Súbita Melhora: Não se engane, não é apenas aquela ideia de “fundo do poço” que pode estar ligada ao suicídio. A felicidade repentina pode ser um sinal de que a pessoa já aceitou tirar a própria vida como algo natural e certo a se fazer e que não há impedimentos ou amarras de levar a intenção até o fim. Desse modo, ela pode se mostrar conformada, e não mais angustiada.

Depressão, suicídio

“Muitas são as causas de tendências suicida, mas se você conhece uma pessoa próxima, um amigo, vizinho, algum familiar, alguém que esteja com um comportamento diferente, muito isolada, triste, perdendo o prazer pelas coisas, com um discurso de desesperança pela vida, ou mesmo se você não está se sentindo muito bem, procure ajuda o quanto antes. Dizemos isso pois a pessoa pode se acostumar com aquele comportamento, com aquele sentimento e acaba não enxergando a gravidade do próprio problema. Geralmente, é um olhar de fora que irá identificá-lo. Por isso, o mais importante é buscar ajuda profissional, de um psicólogo ou psiquiatra. Sempre: quanto mais cedo, melhor.” – finaliza a especialista Dra. Priscila Dossi.

Segunda dose da vacina contra Covid-19 para pessoas de 5 grupos diferentes 

Paulínia abre agendamento nesta terça-feira, dia 14, para que tomou a primeira dose da Pfizer até o dia 28 de junho. A segunda dose será aplicada nesta quarta, 15 e quinta, 16, de setembro.  O agendamento pode ser feito no site www.paulinia.sp.gov.br/agenda ou pelo 156.

A imunização da segunda dose Pfizer é para a população geral de 23 a 59 anos, pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores da educação e saúde e pessoas com deficiência. O horário e local serão fornecidos na confirmação do cadastramento, junto ao site da Prefeitura.

Inscrições online para o Vestibulinho 2022 do CEMEP e ETEP; dia 15 de setembro

A Escola Técnica de Paulínia (ETEP) fica na rua Constant Pavan, n°1.001, no bairro Betel, em Paulínia

As inscrições para o Vestibulinho 2022 da Escola Técnica de Paulínia (ETEP) e do Centro Municipal de Ensino Profissionalizante Osmar Passarelli Silveira (CEMEP) terão início dia 15 de setembro e prosseguem até dia 15 de outubro. As inscrições serão online e poderão ser feitas no site oficial da Prefeitura de Paulínia: www.paulinia.sp.gov.br.

Neste ano serão destinadas 83 vagas, sendo 3 para pessoas com deficiência, para Ensino Médio concomitante com Técnico em Informática Integral no CEMEP; 63 vagas, sendo 3 para pessoas com deficiência, para Ensino Médio concomitante com Técnico em Química Integral, 50 vagas para Técnico em Química – Período Noturno, e 30 vagas para Técnico em Química – Período Matutino.

Edital completo publicado no Diário Oficial, Edição 1.670, do 29 de julho de 2021

DATA EVENTO
29 de julho de 2021 Publicação do Edital nº 001/2021 – Processo Seletivo 2022;
15 de setembro a 15 de outubro de 2021 Período de Inscrição no site oficial da Prefeitura: www.paulinia.sp.gov.br;
16 a 31de outubro de 2021 Análise dos históricos ou boletins escolares pela Comissão do Processo Seletivo 2022;
8 de novembro de 2021 Publicação das inscrições indeferidas;
9 a 12 de
novembro de 2021
Recursos dos candidatos que foram indeferidos. O pedido de recurso ocorrerá na forma presencial nas escolas em que o candidato teve interesse e efetuou sua inscrição;
6 de dezembro de 2021 Publicação da classificação Geral dos Candidatos após os candidatos indeferidos;
7 a 9 de
dezembro de 2021
Recursos da Classificação Geral dos Candidatos. O pedido de recurso ocorrerá na forma presencial nas escolas em que o candidato teve interesse e efetuou sua inscrição;
15 de dezembro de 2021 Publicação da Classificação Geral Final após Recursos;
15 de dezembro de 2021 Publicação da 1ª chamada a partir das 18h (no mural da escola ou site oficial da escola conforme descritos nos anexos (I, II, III e IV) do item b);
25 e 26 de
janeiro de 2022
Efetivação de matrícula dos Classificados na 1ª Chamada;
27 de janeiro de 2022 Publicação da 2ª Chamada (caso haja desistência) a partir das 18h (no mural da escola ou site oficial da escola conforme descritos nos anexos (I, II, III e IV) do item b);
28 a 31 de
janeiro de 2022
Efetivação de matrícula dos Classificados na 2ª Chamada. Publicação dia 1°/2/2022 da 3ª Chamada (caso haja desistência) a partir das 18h (no mural da escola ou site oficial da escola conforme descritos nos anexos (I, II, III e IV) do item b); e
2 e 3 de
fevereiro de 2022
Efetivação de matrícula dos Classificados na 3ª Chamada.

 

Em Paulínia, número de internados com covid-19 dobra em 48h; de 13 para 26

O número de pessoas internadas no Hospital Municipal de Paulínia (HMP) com covid-19 ou suspeito dobrou no período de 48 horas, segundo dados do boletim que acompanha a evolução da doença na cidade, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde. Na sexta-feira, 10, eram 13 pacientes, e neste domingo, 12, são 26.

Dos 26 pacientes internados com covid-19 em Paulínia, 12 estão na UTI (3 casos suspeitos) e 14 estão na enfermaria, sendo 3 casos confirmados e 11 casos suspeitos (são pacientes com sintomas da doença, mas que ainda não receberam o resultado do exame), segundo o boletim deste domingo, 12.

Os dados indicam um aumento de 100% no número de paulinenses internados com suspeita ou casos confirmados de covid-19 nas últimas 48 horas.

Há 4 dias a Secretaria Municipal de Saúde não copila os números dos casos de Covid-19 (confirmados, suspeitos, descartados e recuperados) no município devido problemas técnicos na base de dados do Ministério da Saúde. Somente os números de mortes e pessoas internadas estão sendo atualizados diariamente.

Covid-19: Paulínia abre agendamento nesta segunda (13) para adolescentes de 12 a 17 anos

Foto: Myke Sena/ MS

Paulínia vai abrir nesta segunda-feira, 13/09, às 9h, agendamento para primeira dose da vacina contra Covid-19 de adolescentes de 12 a 17 anos. Ele deve ser feito no site vacina.paulinia.sp.gov.br/agenda ou pelo 156. A imunização ocorrerá na terça-feira, 14 de setembro.

Documentação
Para se imunizar é obrigatório apresentar no ato da vacinação, documentos pessoais, preferencialmente CPF e cartão SUS, e levar um comprovante de endereço da cidade de Paulínia, de forma física ou digital. No caso dos adolescentes são aceitos documentos em nome dos pais.

Os jovens devem ser acompanhados pelos pais ou responsável no ato da vacinação. No caso de impossibilidade desse acompanhamento, é preciso ir com um adulto e apresentar autorização assinada por um responsável.

O preenchimento do pré-cadastro no site Vacina Já (www.vacinaja.sp.gov.br) agiliza o tempo de atendimento nos postos. Basta inserir dados como nome completo, CPF, endereço, telefone e data de nascimento.

Vacinas aplicadas
A Prefeitura de Paulínia aplicou até o último sábado (11/09), 127.411 de doses das vacinas contra o coronavírus na cidade. Desse total, 79.229 são de primeira dose, 45.347 de segunda dose e 2.835 dos imunizantes com dose única. A cobertura vacinal para população está em 70,74% para primeira dose ou dose única e 43,18% para segunda dose ou dose única.

Passagem de fauna aérea na Estrada da Rhodia completa um mês

A Estrada da Rhodia ganhou uma passagem aérea de fauna para permitir que animais silvestres circulem entre áreas verdes sem passarem pelas estradas. A ‘ponte’ que conectam as margens de rodovias e permitem que os animais silvestres circulem entre as áreas verdes sem risco de atropelamento completa um mês no dia 14 e fica na altura do número 7.969, ao lado da passagem do rio Ribeirão Anhumas e bastante longe do centro de Barão Geraldo.

A iniciativa é fruto de uma parceria entre a Secretaria do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SVDS) de Campinas e a ONG ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade, a principal associação mundial de governos locais e subnacionais dedicados ao desenvolvimento sustentável, por meio do projeto Interact-Bio – Ação Integrada pela Biodiversidade.

A passagem é formada por uma estrutura metálica treliçada, com um vão de 15 metros de largura e 5,5 metros de altura. O piso é revestido em assoalho de madeira, para que o animal não tenha contato com a estrutura metálica, por conta da temperatura. Nas duas extremidades foram presas cordas que ligam a ponte à copa das árvores.

Entretanto, essa passagem não servirá para animais terrestres (como onças, cobras e cachorros do mato e outros que não sobem as árvores. A SVDS fala de uma possível passagem subterrânea, mas normalmente os animais usam a calha do rio Anhumas para passar entre as áreas verdes.

Está prevista a colocação de câmera fotográfica acionada por movimento. O objetivo é monitorar o local e verificar se a passagem está sendo utilizada pelos animais. Também haverá sinalização de proteção, em cumprimento aos requisitos exigidos para as rodovias.

“Evidentemente, estas passagens de fauna feitas em parceria entre o ICLEI e a Prefeitura Municipal de Campinas não resolvem todo o problema, porque nas rodovias de toda a região, e nas que passam por Campinas, existem pontos de alto risco de atropelamento de fauna, com inexistência de passagens, sejam aéreas ou subterrâneas”, afirmou Rogério Menezes, secretário do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Campinas.

Mais Notícias