sexta-feira, junho 21, 2024
InícioDestaquesCâmara vota projeto que autoriza compra de vacina pela prefeitura

Câmara vota projeto que autoriza compra de vacina pela prefeitura

Durante fase vermelha do Plano São Paulo, Câmara de Paulínia realiza sessões virtuais

Os vereadores de Paulínia discutem e votam nesta quinta-feira (11/3), às 10h, proposta que autoriza o Município a integrar consórcio para compra de vacinas, insumos e equipamentos no combate à Covid-19.

Os vereadores vão debater a legalidade e podem convocar nova sessão extraordinária para votar detalhes (mérito). Eles vão analisar o texto em sessão virtual, pois a Câmara restringiu atividades durante a fase vermelha do Plano São Paulo.

O Projeto de Lei 23/2021 pretende ratificar protocolo de intenções envolvendo vários municípios (mais de 1.700 já manifestaram interesse em participar). A Procuradoria do legislativo paulinense já manifestou parecer favorável.

Cada cidade precisa sancionar uma lei sobre o tema: quando o consórcio for criado oficialmente, buscará fazer negociações com fabricantes, em nome de todos os membros.

Haverá transmissão ao vivo no site institucional, no perfil do Legislativo no Facebook e no canal do YouTube.

Ao encaminhar o projeto, a Prefeitura afirma que o Supremo Tribunal Federal reconheceu competência municipal para adquirir vacinas quando o governo federal descumpre o Plano Nacional de Imunização ou se as doses existentes no país forem insuficientes para toda a população brasileira.

Integrar o consórcio, de acordo com o Executivo, vai fortalecer o poder do município, abrindo portas nas relações internacionais. Isso não impede possíveis compras diretas, no futuro. O pedido é que o projeto tramite em regime de urgência.