quinta-feira, junho 20, 2024
InícioCulturaCasa das Rosas promove encontros literários online

Casa das Rosas promove encontros literários online

Conversas com escritores e curso formativo sobre a obra de Haroldo de Campos integram programação virtual da instituição

Casa das Rosas aposta no universo online para atender o público interessado em literatura. O encontro.com, projeto de conversas virtuais com diversos temas ligados à escrita, à edição e circulação de livros, ao universo literário, à carreira de escritor e à literatura e sua relação com o momento atual.

Os conteúdos são realizados pelo Centro de Apoio ao Escritor (CAE) da Casa das Rosas, que visa a contribuir para a formação de autores e leitores e orientá-los nos possíveis caminhos da carreira literária.

O encontro.com Manuel da Costa Pinto abre o projeto no dia 14 de abril. Manuel estará à frente da proposta “Distopia e epidemia na literatura”. O jornalista e crítico literário é mestre em teoria literária e literatura comparada pela Universidade de São Paulo (USP) e foi um dos criadores da “Cult”, revista que editou por seis anos.

Em 21 de abril, “Encruzilhadas da literatura negra” é o tema do encontro.com que terá a participação de Cidinha da Silva. Historiadora e escritora, Cidinha presidiu o GELEDÉS – Instituto da Mulher Negra, e atua como escritora e editora na Kuanza Produções. Possui 17 livros publicados, nos gêneros crônica, conto, ensaio, dramaturgia e infantil/juvenil. Suas obras já foram traduzidas para o alemão, catalão, espanhol, francês, inglês e italiano.

Mediação

Cada encontro tem limite de 50 participantes e serão mediados pelo coordenador do CAE e o público poderá interagir com perguntas. A programação será quinzenal, às terças-feiras, das 19h às 20h. As inscrições do público serão feitas pela internet e os participantes receberão o link do encontro virtual, que será na plataforma Google Hangout Meet.

Também em abril, os encontros do “Páginas Abertas: poéticas sincrônicas” farão parte da programação. Nesta série, agora em formato online, serão abordados livros de autores que foram referências importantes para Haroldo de Campos, destacando a presença em seu acervo e ressaltando a atualidade de seu percurso crítico.

No curso Haroldo de Campos e o pensamento científico, Raquel Campos, doutora em Literatura na Universidade de Brasília (com Doutorado Sanduíche nos Estados Unidos, na Universidade Yale), apresentará as afinidades da obra de Haroldo com as ciências, em especial com a física, evidenciadas no livro A Máquina do Mundo Repensada e em outros poemas anteriores. A relação entre arte e ciência é um tema fundamental para se compreender o dinamismo de informações da atualidade.

O curso será às quintas-feiras, 23 e 30 de abril e 7 e 14 de maio, das 19h às 21h. Para participar, basta realizar a inscrição online, até o preenchimento das vagas. As aulas serão ministradas em plataforma online e o acesso será enviado para o e-mail cadastrado na ficha de inscrição. Aos participantes que atingirem o mínimo de 75% de frequência, será emitido o certificado digital.

SOBRE A CASA DAS ROSAS
A Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos é um museu dedicado à poesia, à literatura, à cultura e à preservação do acervo bibliográfico do poeta paulistano Haroldo de Campos, um dos criadores do movimento da poesia concreta na década de 1950. Localizada em uma das avenidas mais importantes da cidade de São Paulo, a Avenida Paulista, o espaço realiza intensa programação de atividades gratuitas, como oficinas de criação e crítica literárias, palestras, ciclos de debates, exposições, apresentações literárias e musicais, saraus, lançamentos de livros, performances e apresentações teatrais. O museu está instalado em um imponente casarão, construído em 1935 pelo escritório Ramos de Azevedo, que na época já tinha projetado e executado importantes edifícios na cidade, como a Pinacoteca do Estado, o Teatro Municipal e o Mercado Público de São Paulo.

O imóvel foi habitado pelos herdeiros do arquiteto Ramos de Azevedo até 1986, quando ocorreu a sua desapropriação pelo Governo do Estado de São Paulo, sendo tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico – CONDEPHAAT. Rebatizada em 2004 como Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura (ao receber, então, a doação do acervo completo de livros e também alguns objetos pessoais do poeta Haroldo de Campos, morto em 16 de agosto de 2003), o museu se notabiliza pelo trabalho de difusão e promoção da literatura de escritores muitas vezes deixados de lado pelo mercado, além de ofertar oficinas e cursos de formação para aqueles que pretendem se tornar escritores ou aprimorar sua arte.