quinta-feira, junho 13, 2024
InícioDestaquesConcessionária prevê a passagem de 660 mil veículos pelo Corredor Dom Pedro...

Concessionária prevê a passagem de 660 mil veículos pelo Corredor Dom Pedro durante o Natal

Rodovia Professor Zeferino Vaz (SP-332), sentido Paulínia a Campinas, que dá acesso a rodovia D. Pedro I (SP-065), em Barão Geraldo, deve registrar trânsito um pouco mais carregado

Previsão da Concessionária é de que tráfego se intensifique a partir das 16h. Somente hoje (23/12), mais de 200 mil veículos devem circular pelo Corredor Dom Pedro. Até segunda-feira, dia 27, expectativa de tráfego é de quase 660 mil veículos

A Concessionária Rota das Bandeiras prevê a passagem de quase 660 mil veículos em cinco dias de Operação Especial por conta do Natal, entre os dias 23 (quinta) e 27 (segunda-feira). O volume é ligeiramente superior ao verificado no Natal passado, quando houve registro da passagem de 652.591 veículos.

A previsão da Concessionária é que a saída para o período de festas tenha trânsito intenso a partir das 16h do dia 23. Somente neste dia, são aguardados mais de 200 mil veículos nas rodovias que compõem o Corredor Dom Pedro.

Ele tem 297 quilômetros e é formado pela rodovia D. Pedro I (SP-065), Anel Viário José Roberto Magalhães Teixeira (SP-083), rodovia Professor Zeferino Vaz (SP-332), rodovia Engenheiro Constâncio Cintra (SP-360) e rodovia Romildo Prado (SP-063).

A rodovia Professor Zeferino Vaz tem 81 quilômetros de extensão e faz a ligação entre as cidades de Campinas, Paulínia, Cosmópolis, Artur Nogueira, Engenheiro Coelho, Conchal e Mogi Guaçu.

O maior movimento será na D. Pedro I (SP-065), utilizada pelos motoristas da Região Metropolitana de Campinas (RMC) que irão seguir rumo às praias do Litoral Norte do Estado e também na conexão com importantes vias, como Anhanguera (SP-330), Fernão Dias (BR-381) e Dutra (BR-116).

“A expectativa para o Réveillon é que haja um trânsito mais ameno, pois muitos motoristas viajam no Natal e acabam prolongando a estadia. Ainda assim, há previsão de movimento intenso no dia 30, sobretudo no horário de pico de fim de tarde”, diz o coordenador de Tráfego da Rota das Bandeiras, Murilo Perez. Entre os dias 30/12 e 3/1, são aguardados 610 mil veículos. No ano passado, foram 602.581 no período.

Para garantir a segurança dos motoristas e as boas condições de tráfego, a Rota das Bandeiras posicionará guinchos e ambulâncias em pontos estratégicos durante as operações especiais. A medida tem como objetivo assegurar a rapidez no atendimento a socorros médicos e mecânicos. A operação ainda contará com o apoio da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) e da Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp).

Toda movimentação será acompanhada de forma ininterrupta pelas 91 câmeras do Centro de Controle Operacional (CCO) da Concessionária. Além disso, oito viaturas percorrerão as rodovias do Corredor Dom Pedro de forma ininterrupta, 24 horas por dia, para prestar auxílio aos motoristas que precisarem de atendimento. As obras de melhoria também estarão suspensas, para garantir a boa fluidez nas vias. Apenas reparos emergenciais serão realizados até o dia 3 de janeiro.

Os motoristas que precisarem de auxílio ou informações devem entrar em contato com a Rota das Bandeiras por meio do telefone 0800-770-8070. A ligação é gratuita e o Serviço de Atendimento do Usuário (SAU) da Concessionária funciona 24 horas.