sexta-feira, junho 21, 2024
InícioCidadesLoira assume como prefeito de Paulínia

Loira assume como prefeito de Paulínia

O prefeito Antônio Miguel Ferrari, o Loira, entre os advogados Cláudio Nava (esq.) e Fábio Martins, durante coletiva de imprensa

Em seu discursou afirmou prioridades nas áreas da saúde, segurança, educação e mobilidade urbana

O vereador e presidente da Câmara de Vereadores, Antônio Miguel Ferrari, o Loira (DC) assumiu o cargo de prefeito interino de Paulínia na tarde desta quarta-feira (23). Ele tomou posse do Gabinete no Paço Municipal, após o desembargador do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP), Fábio Pietro de Souza determinar segunda-feira (21), por meio de liminar, que o democrata cristão assumisse, de forma imediata, como Chefe do Executivo.

Após o rito de posse, Loira concedeu uma coletiva de imprensa para jornalistas e apontou as prioridades do seu governo. “Quero fazer o melhor para a população de nossa cidade. Melhorar a saúde, trânsito, segurança, educação e mobilidade urbana são algumas das nossas metas mais urgentes”, afirmou.

Antes de tomar posse do posto, Loira foi notificado na Câmara pelo Cartório Eleitoral de Paulínia. A juíza eleitoral de Paulínia, Marta Brandão Pistelli, foi quem fez a notificação. Um Oficial de Justiça chegou a ir até o Paço Municipal para notificar Cazellato, que não estava no local.

Os advogados de Loira, Cláudio Nava e Fábio Martins foram à Prefeitura fazer a comunicação do Mandado de Segurança, recebido por uma servidora pública de carreira.


Decisão do TRE-SP
Em seu despacho, o desembargador do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP), Fábio Pietro de Souza enfatizou que “a Chefia do Poder Executivo, pelo presidente da Câmara de Vereadores, tem caráter transitório e impessoal. Eleito novo presidente da Câmara Municipal, altera-se o responsável pelo Governo local”, afirmou o magistrado.

Advogados de defesa
“Hoje restabeleceu a Justiça e o direito, as leis estão sendo cumpridas. Por ser o presidente da Câmara, Loira deveria ter assumido logo nos primeiros dias de janeiro. Infelizmente, o vereador (Du) Cazellato insistiu em usurpar o poder. A boa notícia é que o novo prefeito assume muito empenhando em cumprir com as suas obrigações de gestor e temos certeza que fará o melhor para a população”, afirmou o advogado Claudio Nava, um dos representantes de Loira.

Já para o advogado Fábio Martins, que também representa Loira, o novo prefeito permanecerá no cargo até a realização de eleição suplementar. “O Brasil é um país que tem leis, e elas precisam ser cumpridas e respeitadas. Loira será o prefeito até a Justiça Eleitoral convocar o pleito suplementar. Temos estabilidade política e jurídica com a posse de Loira”, disse.

Visita às Secretarias Municipais
A Secretaria de Assistência Social e Cidadania foi a primeira a receber o prefeito Loira em uma série de visitas que ele fez na tarde dessa quarta-feira, 23. O objetivo dele foi conhecer de perto a rotina dos diversos departamentos que compõem a pasta. As Secretarias de Saúde, Segurança Pública, Planejamento, Obras e Serviços Públicos, Transportes e Desenvolvimento Econômico também foram visitadas

Loira falou com os funcionários e, em seguida, ficou por dentro das responsabilidades e desafios de cada departamento de cada secretaria. O prefeito destacou que dentre as principais iniciativas, dos primeiros dias de trabalho, é contar com o apoio e o empenho dos funcionários.

O que diz Du Cazellato
Em nota à imprensa o prefeito Du Cazellato (PSDB) cumpriu uma agenda externa nesta quarta-feira, 23 de janeiro, e não foi notificado pessoalmente da decisão da Justiça para deixar o cargo de prefeito, para o qual foi empossado pela Justiça em 7 de novembro de 2018. Independente desse desencontro, Cazellato afirma que irá seguir rigorosamente todas as decisões judiciais e que assim que tiver em mãos todas as informações sobre o despacho, irá tomar as providências cabíveis.