sexta-feira, junho 21, 2024
InícioDestaquesPaulínia atualiza Plano São Paulo e bares, restaurantes e salões de beleza...

Paulínia atualiza Plano São Paulo e bares, restaurantes e salões de beleza podem reabrir até às 22h

Comércio e serviços podem funcionar das 9h às 17h, de segunda a sexta-feira (horário delimitado) e aos sábados das 8h às 16h (horário exclusivo)

Paulínia atualizou a Fase Amarela do Plano São Paulo e bares, restaurantes e salões de beleza podem reabrir com 40% da capacidade, além de academias com 30% de vagas, por oito horas por dia, mas sem ultrapassar o horário das 22h. A reclassificação de sexta-feira (21) é a terceira numa escala de cinco etapas de isolamento social e restrições de atividades para prevenção e combate ao coronavírus. 

Comércio e serviços
Funcionamento das 9h às 17h, de segunda a sexta-feira (horário delimitado) e aos sábados das 8h às 16h (horário exclusivo);

Paulínia Shopping
Horário delimitado das lojas e dos estabelecimentos comerciais do meio dia às 20h, da praça de alimentação das 11h às 15h e das 18h à 22h, todos limitados de segunda a sexta-feira, sendo que aos sábados e domingos o horário ficará delimitado do meio dia às 20h.
Atividades e eventos culturais e de lazer seguem proibidas.

Bares, restaurantes e similares
Limitada à capacidade de 40% do estabelecimento, com o horário delimitado de 8h de funcionamento ao dia, podendo a jornada se contínua ou fracionada, porém com o horário máximo de funcionamento até às 22h.

Salões de beleza, barbearias e semelhantes
Limitada a capacidade de 40% do estabelecimento, com horário delimitado de 8h, de funcionamento ao dia, podendo a jornada ser continua ou fracionada.

Academias de esporte e centros de ginásticas e dança
As academias de esporte e todas as modalidades e centros de ginásticas e dança, limitada a capacidade de 30% do estabelecimento, com horário delimitado de 8h de funcionamento ao dia, podendo a jornada ser contínua ou fracionada.

Atividades religiosas
Igrejas e templos ficam proibidos as participações de crianças de até 12 anos de idade e de pessoas com mais de 60 anos de idade, pessoas com doenças crônicas ou condições de risco, bem como a realização de atividades festivas, culturais e educativas presenciais.
  O governo paulista atualiza o Plano São Paulo a cada 15 dias, observando os dados obtidos em uma semana na comparação com a semana anterior. Mas caso ele observe uma grande piora nos dados, o plano é atualizado a qualquer momento.

O Plano São Paulo é dividido em cinco fases que vão do nível máximo de restrição de atividades não essenciais (vermelho) a etapas identificadas como controle (laranja), flexibilização (amarelo), abertura parcial (verde) e normal controlado (azul). O Plano São Paulo também é regionalizado, ou seja, o estado foi dividido em 17 regiões [com a região metropolitana dividida em cinco sub-regiões] e cada uma delas é classificada em uma fase.

Também na sexta (21), o Governo de São Paulo prorrogou a quarentena em todo o estado até o dia 6 de setembro. A recomendação de autoridades da Saúde é que as pessoas permaneçam em casa se puderem, principalmente idosos e portadores de doenças crônicas. O uso de máscaras em locais de acesso público e no transporte coletivo é obrigatório.

O Decreto Municipal 7.868/2020 está publicado na edição extra 1.529 do Semanário Oficial de Paulínia de sexta-feira, 21 (http://www.paulinia.sp.gov.br/uploads/semanarios/1529-EXTRA.pdf).