domingo, junho 23, 2024
InícioDestaquesPaulínia confirma a 21ª morte por COVID-19

Paulínia confirma a 21ª morte por COVID-19

O Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus de Paulínia incluiu o óbito divulgado neste sábado, 18, por COVID-19, no Boletim Epidemiológico deste domingo

A Secretaria Municipal da Saúde confirmou neste domingo (19/7) a morte de uma paulinense de 91 anos infectada pelo novo coronavírus. Ela faleceu em 18 de julho, tinha histórico de osteoporose, dislipidemia e doença diverticular. Era residente no Centro Municipal de Geriatria desde 2014. A mulher recebeu os cuidados paliativos no local com autorização da família.

O Centro de Geriatria têm entre seus residentes mais dois casos confirmados da COVID-19, ambos estão sob acompanhamento médico, sendo tratados conforme protocolo interno com quadros estáveis. Dos 93 funcionários que trabalham no local, quatro testaram positivo para coronavírus, todos seguem em recuperação em suas residências.

De quinta-feira, 16, a sábado, 18, foram coletados sangue dos servidores, profissionais da limpeza e idosos residentes do local, para realização de novos exames.

Com a confirmação, Paulínia registra a 21ª morte por COVID-19 em moradores da cidade.

Novos casos
O boletim deste domingo mostra ainda 6 novos casos de moradores infectados pelo coronavírus, totalizando até agora 1.613 confirmações da COVID-19 no município.

Desde o início da pandemia em Paulínia, em 19 de março, 878 pacientes venceram a doença e estão recuperados. Outros 752 casos estão em investigação e 871 casos foram descartados.

Além das 21 mortes pela covid-19 registradas até agora, 9 foram descartadas.

Internamentos
Atualmente 32 pacientes estão internados no hospital municipal – 8 em UTI, quatro deles precisando do auxílio de ventilação mecânica (respirador) e 21 na enfermaria/unidade respiratória e 3 na pediatria. A taxa de ocupação de leitos SUS exclusivos para covid-19 na cidade é de 80% até a manhã deste domingo.

A Prefeitura de Paulínia informa que é essencial que todos sigam as orientações do Comitê de Prevenção e Enfrentamento do Coronavírus e reforça a necessidade do isolamento domiciliar, saindo somente para necessidades extremas, nunca deixando de usar máscara e higienizando as mãos sempre que possível.