quinta-feira, julho 25, 2024
InícioCidadesPaulínia tem o melhor índice de desenvolvimento de todos os municípios do...

Paulínia tem o melhor índice de desenvolvimento de todos os municípios do país em pesquisa do Instituto Votorantim e Citrosuco

Indicador mapeia grau de desenvolvimento de todos os 5.568 municípios brasileiros nos pilares educação, trabalho e renda, saúde e meio ambiente

Paulínia conquistou o melhor índice de desenvolvimento de todos os municípios do país em pesquisa do Instituto Votorantim e Citrosuco nas áreas de educação, trabalho e renda, saúde e meio ambiente. O Índice de Desenvolvimento Municipal (IDM) de Paulínia foi de 8,3. Os resultados mostram que a nota média do Brasil é 4,84 (numa escala de 0 a 10) e que apenas 10% das cidades têm nota acima de 6,2. As informações são de acesso livre e gratuito e disponíveis no site: IDM

Detalhes do índice
O índice é composto por 27 subindicadores alinhados em quatro pilares: educação, trabalho e renda, saúde e meio ambiente. As temáticas foram escolhidas pelos realizadores considerando sua relevância e recorrência nas estratégias de atuação social do setor privado. “O IDM oferece uma visão de prioridades dentro de cada município. A partir dele, empresas, atores filantrópicos e do setor público podem refinar suas estratégias de desenvolvimento e acompanhar essas transformações ao longo do tempo”, afirma o gerente de estratégia institucional do Instituto Votorantim, Wilian Lourenço da Silva.

O eixo “educação” abrange dados como acesso ao ensino, desempenho escolar, analfabetismo e nível de escolaridade. Em “trabalho e renda”, estão incluídos indicadores de características do mercado de trabalho, renda e dependência de programas de transferência de renda. O pilar de “saúde” sistematiza informações como incidência de doenças, cobertura vacinal e estrutura do sistema de saúde. Por fim, “meio ambiente” se debruça sobre o saneamento básico, gestão ambiental e desastres naturais.

“A ferramenta visa contribuir para o monitoramento e identificação de localidades que necessitam de intervenções para seu desenvolvimento. O IDM contribui para a Citrosuco no debate e avaliação dos nossos investimentos, direcionando nossos esforços sempre em busca de um impacto positivo onde estamos presentes”, diz o gerente de sustentabilidade da Citrosuco, Orlando Nastri.

Resultados
No conjunto dos municípios brasileiros, numa escala de 0 a 10, a média do país nas quatro dimensões é de 4,84. Já os municípios de até 100 mil habitantes, que representam 94% das cidades do país, têm média de 4,78.

No ranking das dez cidades com melhor IDM, seis pertencem ao estado de São Paulo e as únicas capitais listadas são Belo Horizonte, Minas Gerais, (IDM 7,66 – 9ª posição) e Florianópolis, Santa Catarina, (IDM 7,66 – 10ª posição).

Considerando os dez mais bem colocados nos pilares “educação”, “trabalho e renda” e “meio ambiente”, há apenas cidades das regiões Sudeste e Sul do país. No eixo “saúde”, além dessas regiões, aparecem três cidades do Nordeste.

Os contrastes regionais no desenvolvimento também podem ser percebidos através das notas médias de cada região do país: 3,81 no Norte, 4,04 no Nordeste, 4,82 no Centro-Oeste, 5,42 no Sudeste e 5,64 no Sul.

RANKINGS
10+ IDM nacional

Paulínia (SP): 8,3
Barretos (SP): 8,03
Gavião Peixoto (SP): 8,00
Santo André (SP): 7,87
Araporã (MG): 7,87
São Caetano do Sul (SP): 7,83
Lajeado (RS): 7,69
Jaguariúna (SP): 7,67
Belo Horizonte (MG): 7,66
Florianópolis (SC): 7,65

10+ IDM nacional – Pilar educação
Serra da Saudade (MG): 10
Montauri (RS): 9,98
Guabiju (RS): 9,84
Santa Tereza (RS): 9,7
Santana da Ponte Pensa (SP): 9,59
Tiradentes (MG): 9,44
Alto Bela Vista (SC): 9,27
Gabriel Monteiro (SP): 9,14
São José do Inhacorá (RS): 9,00
Santa Salete (SP): 9,00

10+ IDM nacional – Pilar trabalho e renda
Triunfo (RS): 10
Lajeado (RS): 9,36
Itapiranga (SC): 9,28
Maravilha (SC): 9,12
Amparo (SP): 9,10
Sertãozinho (SP): 9,02
Toledo (PR): 9,00
Ouro Branco (MG): 8,91
Rio Claro (SP): 8,82
Nova Santa Rita (RS): 8,78

10+ IDM nacional – Pilar saúde
Barretos (SP): 9,97
Colômbia (SP): 9,03
Brasilândia do Sul (PR): 8,81
Fernando de Noronha (PE): 8,78
Barbalha (CE): 8,77
Araporã (MG): 8,76
Quixabá (PB): 8,58
Bady Bassitt (SP): 8,56
Faxinal do Soturno (RS): 8,52
Porto Real (RJ): 8,4

10+ IDM nacional – Pilar meio ambiente
Uberlândia (MG): 10
Itatiba (SP): 9,99
Lençóis Paulista (SP): 9,94
Resende (RJ): 9,9
São Manuel (SP): 9,85
Cordeiro (RJ): 9,81
Ipatinga (MG): 9,81
Tremembé (SP): 9,68
São José dos Pinhais (PR): 9,67
Americana (SP): 9,62

Sobre o Instituto Votorantim
O Instituto Votorantim é um centro de inteligência aplicada que desenvolve soluções socioambientais que geram valor para a sociedade. Criado em 2002, desenvolveu-se como

o núcleo de inteligência social da Votorantim S.A. e as empresas de seu portfólio. Está à frente de ações em mais de cem municípios de todo o Brasil. Acesse

institutovotorantim e saiba mais.

Sobre a Citrosuco
A Citrosuco cultiva, produz e entrega alimentos de origem natural e sustentável para diversos países ao redor do mundo.

Desenvolve seu negócio baseado na integridade, com foco na promoção de um planeta e de pessoas saudáveis, nutrindo relações diversas e de influência com toda a cadeia.