quinta-feira, junho 20, 2024
InícioCidadesPesquisa registrada aponta Du Cazellato em primeiro lugar nas intenções de voto

Pesquisa registrada aponta Du Cazellato em primeiro lugar nas intenções de voto

Esta é a única pesquisa autorizada para divulgação por atender a legislação eleitoral. IBOPE informou que não realizou nenhum estudo em Paulínia

Du Cazellato desponta na intenção de voto dos paulinenses. Arte: Jornal Todo Dia

A dois dias das eleições suplementares de Paulínia, o Sebram (Serviço de Pesquisas de Opinião Pública) divulgou um estudo sobre as intenções de voto do eleitorado paulinense. O candidato do PSDB, Du Cazellato, aparece em primeiro lugar na pesquisa espontânea (quando os nomes dos candidatos não são citados), com 16,6%. Em seguida, Nani Moura, do MDB, tem 12,4%. O terceiro lugar é ocupado por Tuta Bosco, do Cidadania, que obtém 10,2% dos votos. Já o prefeito interino Loira, do DC, conquistou 7% dos entrevistados. Os demais concorrentes possuem índices abaixo de 2,8%.

Na pesquisa estimulada, quando são citados os nomes dos concorrentes, as posições continuam as mesmas, mas os números aumentam: Du 29,2%, Nani 17,2%, Tuta 14,8% e Loira 8,4%.

O estudo ainda levantou o índice de rejeição dos candidatos. Quando perguntado “Em quem você não votaria de jeito nenhum?”, 21% dos entrevistados apontaram Nani Moura. Em seguida aparece Tuta Bosco com 14,8% de rejeição. Loira tem 9,2%, Capitão Cambuí, do PSL, tem 7,2%, Custódio, do PT, com 5,8% e Du Cazellato, com 4,2%.

Segundo a Justiça Eleitoral, esta é a única pesquisa de publicação autorizada, já que atende aos requisitos da legislação e obtém um número de registro (SP-00568/2016). Foram entrevistados 500 eleitores entre os dias 25 e 27 de agosto. A margem de erro é de 4,5% para mais ou para menos.

IBOPE desmente
O Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (IBOPE) negou a informação de que tenha divulgado qualquer pesquisa na cidade. Segundo o órgão, é falso qualquer resultado de pesquisa atribuído ao IBOPE Inteligência. Ainda, o Instituto informou que iniciou uma pesquisa eleitoral para averiguar a intenção de voto no dia 28, mas sem fins de divulgação.