quinta-feira, junho 13, 2024
InícioCidadesPolícia Civil de Paulínia apreende 450 quilos de carne suspeita

Polícia Civil de Paulínia apreende 450 quilos de carne suspeita

Empresário foi detido no bairro São José; a ação da Polícia Civil visa combater o crime contra o consumidor

A Polícia Civil deteve, na tarde desta quinta-feira (28), um empresário suspeito de vender irregularmente num supermercado, 450 quilos de carne armazenada em caixotes sem qualquer tipo de refrigeração, diz a polícia. A prisão aconteceu no bairro São José, região do João Aranha, em Paulínia, a 119 quilômetros de São Paulo.

De acordo com a polícia, os produtos estavam sem refrigeração e guardados em baldes e caixotes. A Vigilância Sanitária de Paulínia foi acionada e constatou que parte da mercadoria já estava imprópria para o consumo, pois apresentava data de validade vencida.

De acordo com os fiscais, o local estava muito sujo e havia baratas sobre os produtos, que foram confiscados. A carne apreendida será incinerada, destacou a instituição. Um termo circunstanciado por infração de medida sanitária preventiva foi registrado na delegacia.

Segundo a polícia, o responsável foi preso, em flagrante, e deve responder pelo crime contra a saúde pública. O empresário alegou que é ex-proprietário e passará por uma audiência de custódia nesta sexta-feira, onde será definido se ele continua ou não preso.

Motos e cigarros – Na operação também foram encontradas e apreendidas 11 motocicletas de leilão, em nome de terceiros, além de maços de cigarros contrabandeados. Todos os objetos e motos foram apreendidos e encaminhados ao Instituto de Criminalística (IC) para perícia.