sexta-feira, junho 21, 2024
InícioAmbienteProdução da Replan para totalmente após explosão; não há previsão de retomada...

Produção da Replan para totalmente após explosão; não há previsão de retomada das atividades

A produção de combustíveis pela Replan (Refinaria de Paulínia), a 118 km de São Paulo, está totalmente paralisada após explosão seguida de incêndio registrada no início da madrugada desta segunda-feira (20). A companhia está avaliando o prazo para retorno das demais unidades não afetadas pelo incêndio.

O incêndio atingiu parte das unidades de craqueamento catalítico e água ácida (U-220A/U-683), e de uma das unidades de destilação atmosférica (U-200), que fazem parte do processo de refino de petróleo, além do tubovia entre essas unidades. Mas a extensão dos danos ainda passará por avaliação detalhada.

Em nota, a Petrobras informou que não houve feridos e emissão de gases tóxicos para a atmosfera. A origem da explosão não foi ainda determinada e o incêndio foi controlado por volta das 4h da madrugada. Em julho, a refinaria passou por manutenção (parada), que durou menos de um mês.

A estatal também informou que não há impacto imediato no abastecimento, porque conta com estoque e produção das demais refinarias para garantir a oferta de combustíveis aos seus clientes. A unidade paulinense recebe, armazena e transfere derivados e alcoóis para as companhias distribuidoras, por meio de dutos ou plataformas.

A Replan é a maior refinaria do sistema Petrobras em capacidade de processamento de petróleo: 69 mil m³/dia, o equivalente a 434 mil barris. Sua produção corresponde a aproximadamente 20% de todo o refino de petróleo no Brasil, processando quase a sua totalidade de petróleo nacional, grande parte oriunda da Bacia de Santos (pré-sal).

Na nota, a Petrobras reforçou compromisso com a segurança das operações e instalações, com padrões da indústria mundial de petróleo. A refinaria conta com planos de emergência e sua equipe de contingência foi prontamente acionada para conter o incêndio, em conjunto com o Corpo de Bombeiros.

Segundo a estatal, a brigada de incêndio da própria refinaria foi acionada para combate imediato do foco de fogo, além de apoio do Corpo de Bombeiros de Paulínia e de viaturas da Refinaria Vale do Paraíba (Revap), Refinaria de Capuava (Recap) e Refinaria Presidente Bernardes (RPBC), bem como apoio do CDA para contingência.

A Defesa Civil de Paulínia e o PAM (Plano de Auxílio Mútuo), formado por 27 empresas do município e cidades vizinhas, também foram acionados e ajudaram na ocorrência.

Fotos: Divulgação

Veja abaixo fotos durante e após as explosões seguido de incêndio na Refinaria de Paulínia – Replan, na madrugada do dia 20.