sexta-feira, junho 21, 2024
InícioDestaquesSuplentes empossados conduzem 3ª Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Paulínia

Suplentes empossados conduzem 3ª Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Paulínia

A 3ª Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Paulínia de terça-feira (27) foi conduzida pelos 13 suplentes empossados na segunda-feira (26) e dois vereadores titulares. Antes, porém, houve um impasse, os suplentes empossados ou os vereadores afastados que participariam da sessão. Às 18h55, os suplentes empossados assumem o plenário e dá início aos trabalhos.

A sessão foi conduzida pelo vereador e presidente interino Kilo Meschiatti (PRB), que em seguida abriu os trabalhos convocando uma nova Mesa Diretora, formada por: Kiko Meschiatti (PRB), como presidente, Tiguila Paes (PPS), como vice-presidente, Marcelo Souza (PSDB), como 1º secretário e Rodney (PMN), como 2º secretário.

Onze vereadores votaram a favor, dois votos contrários (Ângela do Calegaris (PV) e Dr. Gustavo Yatecola (PT do B) e dois se abstiveram (Grilo (PSDC) e Luciano Ramalho (PP). A nova mesa diretoria será formada até o fim dos trabalhos da Comissão Processante (CP) ou o término do biênio 2017/2018.

Em seguida o 1º secretário Marcelo Sousa, da Mesa Diretora Provisória, leu na íntegra a Ata de Posse do dia 26 de fevereiro de 2018, que foi aprovada por unanimidade, em seguida Kiko Meschiatti deu prosseguimento aos trabalhos da Pauta do dia.

O presidente Interino Kiko Meschiatti, colocou em votação a retirada das 50 indicações, 32 requerimentos e 10 moções apresentadas pelos vereadores afastados e como ninguém quis fazer uso da palavra, foi aprovado por unanimidade.

O projeto de lei 1/2018, que autoriza a Prefeitura de Paulínia nas contratações administrativas temporárias para área da saúde, educação e segurança pública para atender a necessidade de excepcional interesse público, o projeto de lei 5/2018, que altera a Lei 3.012, de 31 de agosto de 2009, garante paridade a sociedade civil na composição do Conselho Gestor do Fundo Municipal de Habitação – FHIS e o projeto de lei 6/2018, que denomina Tereza de Castro Sousa via pública do Município, foram aprovados por unanimidade. Os três projetos são da Administração Municipal e foram votados em segunda discussão.

Impasse
Quem conduziria a 3ª Sessão Ordinária de 2018, os suplentes empossados ou os vereadores afastados. O atrasado aconteceu e por volta das 18h50, o cerimonial colocou a identificação com os nomes dos suplentes empossados.

Os vereadores afastados Marquinho Fiorella (PSB), Fábia Ramalho (PMN), Xandinho Ferrari (PSD), Manoel Filhos da Fruta (PC do B) e Loira (PSDC), acenaram para um pequeno grupo no Plenário, antes do início da sessão.

Quatro dos 13 vereadores afastados ingressaram nesta terça-feira (27), na Justiça de Paulínia, e à tarde, a juíza refutou o pedido. Os vereadores afastados alegam que a Sessão Extraordinária teve irregularidades e vão provar perante a Justiça.

O Plenário não lotou como no dia anterior (segunda-feira), mas tinha uma boa presença de público. Grupos de lados opostos gritavam golpe e justiça. Pastores bateram boca e assim que começaram os trabalhos os ânimos mais exaltados foram se acalmando.

Só no Plenário Principal 20 Guardas Civis Municipais (GCMs) garantiam a ordem interna, dez no saguão e corredor e mais dez do lado externo (pátio), garantiram os trabalhos, além de quatro viaturas e duas motos.