sábado, julho 13, 2024
InícioPolíciaTentativa de furto de veículo é frustrada em Paulínia após ação da...

Tentativa de furto de veículo é frustrada em Paulínia após ação da Guarda Civil Municipal

 

A denúncia foi feita por Marcos, representante da empresa de monitoramento Golf, que presta serviços para a empresa AWTO. Às 8h20, Marcos foi informado sobre uma possível violação da bateria do veículo Chevrolet Tracker, placa DIK9D61, pertencente à empresa Maestro Locadora de Veículos S.A., sublocado para a AWTO. Ao chegar ao local, ele encontrou o carro aberto, com a chave no interior, e foi orientado a aguardar a chegada de um guincho.

Por volta das 12h20, um Honda Civic dourado, placa JRM9A37, estacionou ao lado do Tracker. Um homem moreno desceu do banco do passageiro, entrou no Tracker e tentou dar partida, sem sucesso. Em seguida, ele retornou ao Civic, que deixou o local em direção desconhecida. Marcos imediatamente contatou a Guarda Civil Municipal e forneceu a descrição e a placa do Honda Civic.

Durante o deslocamento das equipes, o controle informou que o Civic havia cruzado a barreira de monitoramento do bairro Bom Retiro, divisa com Sumaré, acompanhado de um Kia Stonic, placa SWT2H15, ostentando adesivo da AWTO. A equipe da GCM visualizou o Honda Civic cerca de 200 metros da divisa municipal e iniciou a perseguição. O veículo foi abordado na Rua Antônio Gomes de Lima, no bairro Maria Antônia, em Sumaré.

No interior do Civic, estava apenas o condutor Danilo, que alegou ter dado carona ao amigo Luiz até o Tracker. Segundo Danilo, o Tracker apresentou problemas na bateria e, posteriormente, Luiz entrou em um Kia Stonic preto e pediu para ser seguido até uma autoelétrica em Sumaré.

Ao chegarem à auto elétrica Stop Car, a equipe da GCM ouviu um funcionário, Matheus, alertando alguém para se esconder devido à presença policial. Luiz foi encontrado escondido na laje do estabelecimento. Com ele, foram encontrados um celular quebrado e cartões de abastecimento em nome da AWTO Brasil.

Questionado, Luiz afirmou ter comprado os veículos Tracker e Stonic por R$ 1.000,00 cada de um indivíduo conhecido como Boy, mas o Tracker apresentou falha na ignição. Danilo revelou que, em conluio com Luiz, pretendiam utilizar os limites dos cartões de abastecimento para fazer saques em postos de gasolina, alegando haver um crédito de R$ 30 mil nos cartões.

Os responsáveis pela empresa vítima informaram que desconheciam qualquer contrato de aluguel para os veículos mencionados. A AWTO realizou o bloqueio de circulação dos veículos e acionou a empresa de monitoramento para investigar.

Diante dos fatos, Luiz foi conduzido ao 1º Distrito Policial de Sumaré, onde foi preso em flagrante por furto qualificado mediante fraude. Danilo e Matheus foram liberados após prestarem depoimento e a documentação ser lavrada.

Fonte: Guarda Civil Municipal de Paulínia