sexta-feira, junho 21, 2024
InícioDestaquesUma única bolsa de sangue de 450 ml pode salvar até quatro...

Uma única bolsa de sangue de 450 ml pode salvar até quatro vidas


Saiba mais sobre sangue e a importância de sua doação; Junho Vermelho é dedicado à conscientização sobre a importância de tornar-se um doador


Em Paulínia foram coletadas 63 bolsas de sangue, durante Campanha Municipal de Doação de Sangue, realizada terça-feira, 4, no Hospital Municipal de Paulínia (HMP). A ação impactará 252 pessoas e foi possível por meio de uma parceria entre a Prefeitura de Paulínia e o Hemocentro da Unicamp. No dia 6 de agosto, haverá nova etapa de doações de sangue no HMP.

Um adulto possui cerca de 5 a 6 litros de sangue em seu corpo, e a quantidade máxima retirada em uma doação é de 450ml. Vale lembrar que uma única bolsa de sangue pode salvar até quatro vidas.

O que é o sangue?
É um elemento essencial à manutenção da vida. Ele é considerado um tecido líquido que circula pelo corpo com funções como levar oxigênio e nutrientes a todos os órgãos, defender o organismo contra infecções e participar na coagulação. Vários elementos o compõem: plasma (55%), hemácias (glóbulos vermelhos, 40%), leucócitos (glóbulos brancos – 1,5%) e plaquetas (3,5%).

Podemos doar sangue quantas vezes quisermos?
O limite de doações por ano é de quatro vezes para homens (60 dias de intervalo entre as doações) e de três vezes para mulheres (90 dias de intervalo). Esse intervalo tem o objetivo de proteger a saúde do doador.

Que testes são realizados no sangue coletado?
São realizados testes de tipagem sanguínea, triagem para Doença Falciforme (hemoglobina S), além de exames para hepatites B e C, HIV I, sífilis, Doença de Chagas e HTLV I/II.

Campanha Junho Vermelho!
Desinformação e medo estão entre os motivos para a falta do hábito de doar sangue no Brasil. A estimativa é de que apenas 19% da população doe sangue regularmente (ao menos uma vez por ano), o que deixa hemocentros e hospitais com estoques permanentemente baixos. É para mudar esta realidade que, em 2015, o Ministério da Saúde (MS) instituiu a campanha Junho Vermelho, que mobiliza hemocentros, órgãos e instituições de saúde em todo o país.